Pesquise no Grupo AVPH

Código Promocional Pic Pay: GAC1JN


Anterior
Oligoceno


Próximo

    Durante o Oligoceno, que vai de 34 milhões à 23 milhões de anos atrás, é a terceira época da era Cenozoica, onde ocorre a predominância dos mamíferos, eles começam a ocupar o nicho ecológico deixado pelos dinossauros na grande extinção e se tornam enormes, nesta época aparecem os maiores mamíferos terrestres que se conhecem, os mamíferos primitivos começam a perder a competição para os ancestrais dos atuais animais, que começam a desenvolver-se com sucesso.

    O nome Oligoceno vem do grego "oligos", que significa poucos e "xainos", que significa novo, fazendo uma referência aos poucos novos mamíferos que surgiram nesta época em comparação com o Eoceno. O Oligoceno se divide nas idades Rupeliana (34 a 28 milhões de anos atrás) e Chattiana (28 a 23 milhões de anos atrás).

    O clima continua quente e úmido, contudo um pouco mais ameno que no Eoceno dando origem a campos e pradarias. Ocorre a separação da América do Sul da Antártida, surgindo a passagem de Drake e completando o isolamento da Antártida. Essa passagem criou a Corrente Circumpolar Antártida, que impedia as correntes quentes oceânicas de se aproximarem da Antártida, fazendo com que sua temperatura diminuísse ainda mais, aumentando a calota polar e fazendo com que os níveis dos oceanos baixassem. Gerando um clima um pouco mais frio, que tornou a terra mais seca, reduzindo as áreas de florestas e aumentando as áreas abertas e prados, compostos de arbustos menores.

    Durante o final do Eoceno ocorreu a Grande Coupure, uma extinção em massa que extinguiu da Terra a maioria dos mamíferos primitivos (dinocerados, brontotérios, entre outros), dando oportunidade de se desenvolverem os ancestrais dos atuais mamíferos herbívoros. Se destacarem os perissodáctilos (cavalos (Hippomorpha), rinocerontes (Ceratomorpha, que atingiram tamanhos gigantescos), bovinos, cervos e porcos (artiodáctilos) e elefantes (proboscídeos), entre outros de ordens extintas atualmente. Os predadores dominantes ainda eram os creodontes, no entanto, os carnívoros como os cães-ursos (Amphicyonidae), os felinos (Felidae) e os chamados "falsos-dentes-de-sabre" (Nimravidae), já estavam se desenvolvendo e ocupando lentamente o nicho dos creodontes, levando-os a extinção.

Veja na tabela abaixo os animais catalogados que viveram nessa época:

Archaeotherium
Arsinoitherium
Baluchitherium
Borhyaena
Brontotherium
Cavalo primitivo de três dedos
Crocodilo Terrestre da Nova Caledônia
Dolichocebus
Entelodonte
Fiomia
Hyaenodon
Indricotherium
Kairuku de Waitaki
Kairuku de Grebneff
Paraceratherium
Parahippus
Paraphysornis
Pseudaelurus
Urso marsupial


loading...
   ® Atlas Virtual da Pré-História - AVPH.com.br | Conteúdo sob Licença Creative Commons | Política de Privacidade | Termos de Compromisso | Projeto: AVPH Produções
    Obs.: Caso encontre alguma informação incoerente contida neste site, tenha alguma dúvida ou queira alguma informação adicional é só nos mandar um e-mail. Tenha uma boa consulta !!!.