. Macrocollum itaquii - Atlas Virtual da Pré-História 

    Pesquise no Grupo AVPH

Código Promocional Pic Pay: GAC1JN

Macrocollum

Macrocollum - AVPH
Macrocollum - AVPH

    O Macrocollum (Macrocollum itaquii) cujo o nome tem origem no grego “makrôs”, que significa grande e no latim “collum”, que significa pescoço. O nome específico "itaquii" homenageia o Sr. José Jerundino Machado Itaqui, que foi um que foi um dos principais responsáveis pela criação do Centro de Apoio à Pesquisa Paleontológica da Quarta Colônia (Cappa/UFSM). Essa espécie viveu há aproximadamente 225 milhões de anos atrás durante o período Triássico (período Noriano) no Brasil.

    Pertenciam ao grupo dos dinossauros sauropodomorfos, que se caracterizam por serem um dos dinossauros mais antigos conhecidos, sendo o mais antigo sauropodomorfo conhecido. Os Macrocollum chegavam a medir cerca de 1,5 metros de altura e 3,5 metros de comprimento e pesavam aproximadamente 100 quilogramas. Eles viveram no supercontinente Pangaea, quando o mesmo estava iniciando sua subdivisão em Laurasia no norte e Gondwana no sul. No Macrocollum já se pode verificar a principal característica de seu grupo familiar, seus pescoços longos, razão do sucesso evolutivo que levou ao apogeu da era dos dinossauros. as vértebras cervicais dos Macrocollum eram 6 vezes mais compridas do que largas, outros dinossauros apresentavam essa realçao bem menor, chegando a 2,5 vezes. O crânio era realtivamente pequeno em relação ao tamanho do corpo e sua dentição já estava sendo alterada de um parão onívoro para herbívoro. Os pescoços longos permitiam o alcance de folhas cada vez mais altas nas árvores, favorecendo a espécie na luta pela sobrevivência.

    Seus restos fósseis, cujo holotipo consiste em um esqueleto quase completo, foram descobertos em 2013, na Formação Caturrita, no município de Agudo, Rio Grande do Sul, Brasil. Esses restos foram estudados apenas em 2018 pelos pesquisadores Rodrigo Temp Müller e Sérgio Dias da Silva, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), e pelo paleontólogo Max Cardoso Langer, da Universidade de São Paulo (USP) de Ribeirão Preto. O artigo foi publicado na revista Royal Society journal Biology Letters.


Dados do Dinossauro:
Nome: Macrocollum
Nome Científico: Macrocollum itaquii
Época: Triássico
Local onde viveu: Brasil
Peso: Cerca de 100 quilogramas
Tamanho: 1,5 metros de altura e 3,5 metros de comprimento
Alimentação: Herbívora

Classificação Científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Superordem: Dinosauria
Ordem: Saurischia
Subordem: †Sauropodomorpha
Família: †Unaysauridae
Gênero: †Macrocollum
Espécie: Macrocollum itaquii Müller et al., 2018.

Paleoarte:
- AVPH.

Referências:
- Müller, R. T.; Langer, M. C.; da Silva, S. D. (2018). "An exceptionally preserved association of complete dinosaur skeletons reveals the oldest long-necked sauropodomorphs". Biology Letters. 14 (11): 20180633. doi:10.1098/rsbl.2018.0633.


loading...
   ® Atlas Virtual da Pré-História - AVPH.com.br | Conteúdo sob Licença Creative Commons | Política de Privacidade | Termos de Compromisso | Projeto: AVPH Produções
    Obs.: Caso encontre alguma informação incoerente contida neste site, tenha alguma dúvida ou queira alguma informação adicional é só nos mandar um e-mail. Tenha uma boa consulta !!!.